MARACATU BRASIL

Ritmos brasileiros e universais. Cursos, oficinas e instrumentos musicais. Facebook

 
 

BLOCO EXAGERADO

Regência: Felipe Bruno

Sábados as 15H

Para quem estava triste que o Carnaval acabou… Nós temos a solução: Carnaval o ano inteiro e, de quebra, sai tocando um instrumento e fazendo show para uma multidão no Carnaval!

Em 2017, o Bloco Exagerado tocou no Carnaval de SP e Rio com seus 40 ritmistas formados pela Oficina de Ritmos. Em 2018 queremos mais!!! E para isso estamos abrindo vagas para interessados em participar dessa#BateriaExagerada!!!

No dia 06/05, às 15h, começam as aulas regulares, mas vamos oferecer uma segunda chance para quem não pode particiar da Aula Aberta de abril. Vamos falar um pouco do método de ensino, conhecer o professor Felipe Bruno e seus monitores. Vamos também dar os passos para matriculas, valores, dias e horários da oficina. O atendimento será preferencial aos que se inscreveram, nada impede de termos ouvintes! ;)

É importante levar 1 lata de leite em pó, ou 1 Kg de alimento não-perecível (não vale açúcar e sal) para doarmos à Sociedade Viva Cazuza!

O local das aulas não poderia ser outro: Maracatu Brasil, em Laranjeiras, que nos acolheu em 2016/17 e agora nos acolhendo novamente para nosso 2017/18. A escola foi criada por “nada mais, nada menos” que Guto Goffi, baterista e fundador do Barão Vermelho e grande amigo do Cazuza, e vai liberar sua casa para nossas aulas aos sábados.

É isso! Qualquer dúvida pode entrar em contato com o email: blocoexagerado@agarb.art.br


SOBRE O BLOCO
Com músicas do Cazuza tocadas em ritmos como samba, frevo e forró, o bloco Exagerado foi um dos sucessos do carnaval de 2016.
Mostrando que o compositor e a festa de Momo tem muito mais afinidade do que podemos imaginar, o bloco Exagerado foi uma das boas novidades deste ano, ao homenagear um legítimo carioca, brincalhão e amante da música brasileira. Com músicas do poeta nos ritmos da folia, o grupo arrastou uma multidão de fãs na terça-feira de Carnaval no Arco do Teles, na Praça XV, no Centro do Rio de Janeiro
A partir da base original de seus sucessos, o Exagerado dá o clima da festa com chocalhos, surdos, triângulos e tamborins. O resultado faz o público vibrar com versões como “Vida louca vida” em ritmo de samba, “Por que a gente assim?” na pegada do baião e o frevo de “Malandragem”.
O bloco tem a benção de Lucinha Araújo, a mãe do cantor. Ela marcou presença junto com amigos e familiares em um dos ensaios abertos do grupo e protagonizou um dos momentos mais marcantes, quando pediu a palavra e mostrou seu entusiasmo com a homenagem “muito bacana e respeitosa” ao filho: “Eu queria dizer que estou encantada. Há 25 anos que ele foi embora e até hoje é cantado, é falado, é citado”, disse emocionada e completou “Parabéns pelo bom gosto da escolha do nome dele. Boa noite pra todos, um ótimo Carnaval e viva Cazuza!”
Para Rafael Braga, produtor e idealizador do Exagerado, a bênção de Lucinha é um sonho realizado. “Ter a aprovação da mãe do Cazuza significa que, como diz a música Hei, Rei ‘estamos na estrada certa, a trilha louca do poeta’”, comenta.
O Bloco Exagerado tem no vocal Helton Alves, na guitarra Bruno Viana, no baixo Victor Matos e na percussão Renan Farias, Thomaz Almeida, André Churros, Marcelle Cabral e Felipe Bruno, que assina os arranjos musicais.

2016/06/02

 

exagerado

 

Loja

Mais Novidades

 

Instrumentos musicais novos e usados
funcionamento de 11h às 20h

Maracatu Brasil
Rua Ipiranga 49, Laranjeiras
Rio de Janeiro
(21) 2557-4754

Cadastre-se para receber as novidades da Maracatu Brasil por email

Nome:

E-mail: